Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Agenda do RH em 2010

A crise está agora num tom de marola. Passamos 2009 com o torcicolo de preocupação, ao olharmos para trás, para a próxima onda que poderia varrer os nossos negócios. Agora, a onda é outra. Suspiro de alívio, ânimo e motivação revelam o espírito de 2010. O ano da recuperação da lucratividade perdida. É hora de planejar um ano melhor. Na verdade, e ao final de 2009, as empresas já estavam pensando e planejando 2010. As expectativas de bom faturamento e de lucro para este ano, voltam às manchetes dos jornais e às reuniões internas de negócios. Isso é um bom sinal de maturidade empresarial, onde abre-se a oportunidade para as empresas repensarem seus modelos de gestão de pessoas. As empresas, ao longo dos últimos dez anos, tem investido em tecnologiamelhoria de seus processos internos, e tudo isso com o intuito de aumentar a produtividade do negócio. Consegui. Mas um pilar da excelência sempre ficou no débito - o pilar das pessoas. Isto é visível na gestão de pequenas e médias empresas. Baixos níveis de investimentos na qualificação, na motivação e na formação de talentos são características de PME's. Creio que esse quadro precisa mudar.

Diante dessa constatação, que tal pensar numa agenda robusta para alavancar o pilar PESSOAS da sua empresa? Sem rodeios:

1 - Melhorar a comunicação interna.
2 - Desenvolver um sistema adequado de avaliação de desempenho em todos os níveis;
3 - Rever a política de remuneração.
4 - Desenvolver as lideranças.
5 - Implantar um programa de trainee para formar os líderes do futuro.
6 - Desenvolver programas de integração e comprometimento com objetivos e metas.
7 - Estimular a execução de programas de qualidade de vida.
8 - Estimular a execução de programas de responsabilidade social e ambiental.
9 - Criar a administrar o orçamento de RH.

Se a PME não possui nada disso. Apenas tem um departamento pessoal jurássico, pode eleger pelo menos 3 objetivos para esse ano da lista acima. Se já tem boa parte, pode revisar e tirar a poeira dos velhos hábitos. Inovação, renovação é a ordem. Esse é o caminho da profissionalização. Lembrando que grandes empresas não são imunes à falta de talentos e de um RH estruturado e proativo.  

Para continuar lucrando com saudabilidade é preciso investir nas pessoas. O resultado é líquido e certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário