Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de junho de 2011

48 motivos para perder rapidamente um ótimo funcionário

Postei no Linked-In a pergunta acima no dia 21 de junho, e eis as respostas rápidas. Vou carregando à medida que for recebendo os comentários. Líderes! Divirtam-se!

1. Nunca dê feedback de desempenho para o funcionário.
2. Não planeje o desenvolvimento e as suas possibilidades de carreira.
3. Não dê desafios na forma de trabalhos acima de suas competências.
4. Mantenha-o desinformado sobre as estratégias e os objetivos da empresa.
5. Cultive um péssimo clima organizacional e uma baixa qualidade de vida no trabalho.
6. Desconfie do seu caráter perante um acontecimento isolado.
7. Não escute as suas sugestões e ache sempre que você sabe mais que seus subordinados.
8. Dê trabalhos bem inferiores à sua capacidade profissional.
9. Não reconheça a boa performance e não crie oportunidades de crescimento na empresa.
10.Não o valorize!
11.Não permita que suas idéias cheguem à diretoria.
12. Pague-o mal.
13. Faça-o acreditar que é apenas um número na empresa.
14. Menospreze ou subestime a sua capacidade criativa e a sua inteligência.
15. Pague um salário incompatível com as responsabilidades do cargo.
16. Esmague a sua auto-estima.
17. Ignore o seu valor, sub-aproveite e não lhe permita a participação no dia a dia.
18. Não lhe dê condições de trabalho.
19. Não incentive-o a melhorar sempre o seu trabalho.
20. Chegue na empresa sem humildade e se ache "o cara".
21. Atribua a culpa dos problemas da sua área ao funcionário.
22. Seja um líder centralizador; desconfie de todos.
23. Não respeite, engane e não seja correto.
24. Fale em inovação, mas seja conservador.
25. Não permita que o funcionário ocupe outras posições na empresa. Aprisione-o!
26. Negue-lhe informações e não esclareça expectativas.
27. Peça, indiretamente, que o funcionário minta para seus pares ou clientes.
28. Humilhe o funcionário perante os colegas ou até mesmo clientes.
29. Não permita que o funcionário faça sombra. Afinal você é quem deve brilhar.
30. Repreenda-o quando este reconhecer honestamente que errou perante um colega de outro departamento.
31. Minta pra ele.
32. Diariamente chame a atenção do funcionário de forma negativa, fazendo-o desacreditar de seu valor.
33. Seja um líder 'cancerígeno' espalhando o vírus da discórdia e do conflito na equipe.  
34. Despreze seus subordinados, pois assim eles trabalharão sem expectativas.
35. Não dê bom dia, boa tarde ou muito obrigado aos funcionários.
36. Não ouça o funcionário. Ouça apenas a sua voz interior, porque você é a pessoa mais importante da empresa.
37. Prometa o que não pode cumprir. Seja "papo de sereia".
38. Não planeje as tarefas, pois assim as pessoas trabalharão sobrecarregadas, pressionadas e sem tempo para pensar.
39. Dê muitos tapinhas nas costas. Mas nada além disso.
40. Promova apenas aqueles que são 'mais chegados' a você.
41. Quando tiver um desafio de trabalho não passe para o funcionário contrate uma consultoria.
42. Boicote o seu trabalho e deixe-o de molho.
43. Nunca faça recrutamento interno para não dar oportunidades de crescimento.
44. Valorize somente as pessoas que enrolam ao invés de trabalhar.
45. Esqueça-o na gaveta e só a abra quanto precisar do “conteúdo” lá de dentro... Certamente se sentirá usado e menosprezado.
46. Fingindo que ele não existe, em todos os aspectos.
47. Aja como chefe e não como líder. Desconfie sempre.
48. Seja um péssimo empregador.

2 comentários:

  1. Eu acrescentaria mais uma: "fale em inovação, mas seja conservador".

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o artigo, todos as idéias são importantes e nos levam à reflexão.
    Parabéns!

    ResponderExcluir